Gerenciar estações Windows Vista/7 através de DCs Windows Server 2003

Publicado: 3 de julho de 2010 em Não categorizado

Salve galera!

Depois de algum tempo afastado do blog, estou de volta!

Uma pergunta que costumam me fazer com frequência é sobre como é possível gerenciar estações de trabalho executando o Windows Vista e/ou Windows 7 a partir de um ambiente de domínio que utiliza DCs baseados no Windows Server 2003.

Estou me referindo precisamente sobre como manipular os novos itens de configuração de diretiva que foram disponibilizados depois que o Windows Vista/Windows Server 2008 foram lançados.

A pergunta é pertinente, uma vez que, mesmo depois de instalar o GPMC SP1 para o Windows Server 2003 (se você ainda não conhece esta ferramenta, clique aqui), quando você abre a edição de uma GPO, os novos itens de configuração não estão disponíveis. Sendo assim, como fazer?

Para resolver o problema, se você tiver à sua disposição uma estação de trabalho executando o Windows 7 que seja membro do domínio (pode ser uma máquina virtual também), basta instalar o RSAT na mesma.

Para quem não conhece, o RSAT é a evolução do famoso Pacote de Ferramentas Administrativas (AdminPack) que você pode instalar no Windows XP, por exemplo, para poder ter acesso aos consoles de administração dos recursos do servidor. No caso, em estações executando o Windows Vista/7 você não deve usar o AdminPack. Em estações executando alguma destas duas versões de sistema, você precisa usar o RSAT.

O RSAT possui os consoles para administrar os recursos de servidores executando tanto o Windows Server 2003, quanto de servidores executando o Windows Server 2008, incluindo a versão R2. Sendo assim, para começar, você deve, primeiro, fazer o download do RSAT aqui.

Feito isso, faça a instalação do produto (na verdade, trata-se de uma atualiação do sistema).

Para aqueles que estão acostumados com o AdminPack, a primeira diferença percebida é que os consoles de administração não são adicionados automaticamente ao menu de Ferramentas administrativas. E o ideal é que não seja assim. Um dos problemas de se instalar o AdminPack é que todos os consoles de administração do Windows Server são adicionados ao menu Ferramentas administrativas. Mesmo os consoles para gerenciar funções que não estejam disponíveis dentro do seu ambiente (por exemplo, o console para gerenciamento do NLB fica disponível mesmo que você não tenha uma configuração deste tipo na rede).

Com o RSAT, uma das grandes mudanças está no fato de que é possível escolher, exatamente, quais consoles devem estar disponíveis. Para isso, depois de fazer a instalação do mesmo, abra o painel de controle e clique em Desinstalar um programa, conforme mostra a figura 1.

image

Figura 1.

O painel de aplicativos que podem ser desinstalados será aberto, e você deve clicar em Ativar ou desativar recursos do Windows (Figura 2).

image

Figura 2.

Na lista que aparece, expanda Remote Server Administration Tool/Feature Administration Tools/Group Policy Management Tool e marque a referida opção (Figura 3).

image

Figura 3.

Feito isso, clique em Ok e aguarde o processo de configuração da ferramenta. Ao terminar, você verá que o menu Ferramentas Administrativas foi automaticamente configurado para aparecer no menu Iniciar. Daí, basta levar o ponteiro do mouse até o mesmo e apontar para Group Policy Management, conforme mostra a figura 4.

image

Figura 4.

Se você estiver logado como administrador do domínio, o console será aberto e estará pronto para a exibição dos objetos de diretiva de grupo do seu domínio (Figura 5).

image

Figura 5.

Daí, basta criar uma nova GPO (ou editar uma existente) da mesma maneira que faria se a referida ferramenta estivesse instalada no servidor. Ao editar a GPO criada e/ou existente, o editor específico será aberto só que com o diferencial de permitir que você tenha acesso aos itens de configuração novos (Figura 6).

image

Figura 6.

Agora basta que você faça as configurações que você julgar necessárias. Você deve considerar, porém, que, ao editar a GPO criada usando o Windows Srever 2003, as opções que você ajustar não estarão disponíveis. Isso acontece, porque o Windows Server 2003 não é compatível com o novo padrão de modelos de diretiva que passou a existir a partir do Windows Vista. Estou me referindo aos modelos ADMX e ADML.

Mas você pode ficar despreocupado que as configurações estarão disponíveis para as estações executando os novos sistemas. A única questão é que você terá que editar estas GPOs usando o GPMC instalado na estação do Windows 7. Como nós sabemos que você não irá precisar editar GPOs a todo instante, isso não chega a ser um problema.

Um abraço e até a próxima!

Technorati Marcas:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s