System Center Virtual Machine Manager 2012 Release Candidate – Parte 1

Publicado: 12 de outubro de 2011 em Canal System Center, Hyper-V, Microsoft, Microsoft Hyper-V Server, MIVP, SCVMM, System Center, Virtual Machine, VMM, Windows Server 2008 R2

Salve Galera!

Como todos sabem, o System Center é o nome de uma família de produtos que tem como objetivo principal entregar uma plataforma com diversos produtos que visam facilitar o gerenciamento do ambiente. Ou seja, usando os produtos dessa família, você terá mais facilidade em gerenciar o seu ambiente.

Os produtos da família System Center foram desenvolvidos usando como referência o MOF (Microsoft Operations Framework) que, de maneira resumida, pode ser classificado como uma leitura do ITIL, só que aplicanda aos produtos Microsoft. Visto isso, é possível concluir que os produtos da família System Center foram concebidos levando-se em consideração as melhores práticas para a gestão de um ambiente de TI.

Nesta família você encontrará produtos que são focados no gerenciamento de recursos específicos presentes no ambiente de TI.

O foco do post de hoje é falar sobre o System Center Virtual Machine Manager 2012 (SCVMM), que, basicamente, é o produto da família responsável pelo gerenciamento de hosts de virtualização multiplataforma (Microsoft, Vmware e Citrix).

Atualmente o SCVMM se encontra na versão 2008 R2 SP1. A versão 2012 do produto se encontra em Release Candidate. Ou seja, está na fase de correção de bugs que acontece antes que o produto entre em Release to Market (RTM).

Sendo assim, com o objetivo de estar preparado para entender como o produto funciona quando o mesmo for lançado, resolvi instalar o referido produto em uma máquina virtual com o objetivo de que ele gerencie o meu host de Hyper-V.

Novidades do SCVMM

O SCVMM 2012 trás tantas novidades, que seria interessante um post somente para isso. Sendo assim, farei uma lista dos principais recursos, ok? São eles:

  • Possibilidade de gerenciar o ciclo de vida de um cluster
  • Possibilidade de gerenciar hosts de virtualização baseados no Hyper-V, Citrix XenServer e Vmware ESX
  • Ressui recursos avançados de gerenciamento de rede tais como suporte ao balanceador de carga do Windows, possibilidade de criar pools de endereços IP e MAC.
  • Recursos avançados para provisionamento de máquinas virtuais sem a dependência do WDS
  • Gerenciamento de private e public clouds

São vários recursos, mas, como disse anteriormente, não teria como lista-los e explica-los com apenas um post.

Instalando o SCVMM

Antes de começar, é necessário atender a alguns requisitos. São eles:

  • Windows Server 2008 R2
  • O banco de dados precisa ser hospedado em um SQL Server. Para o nosso exemplo, irei usar o SQL Server 2008 R2. Uma lista completa dos requisitos de banco de dados exigida pelo SCVMM pode ser encontrada aqui
  • 4 GB de RAM e cerca de 80 GB de espaço em disco. Vale ressaltar que esta quantidade de espaço é necessária caso você queira instalar o SQL na mesma máquina
  • WAIK – Caso não tenha o kit de instalação do Windows AIK, faça o download aqui
  • Internet Information Services – IIS – Para o caso de querer instalar o Self-Service Portal

A lista completa de requisitos você pode encontrar nos seguintes links:

Vale ressaltar que o produto ainda não foi finalizado. Assim, as informações contidas nestes links, apesar de recentes, podem ser modificadas quando o produto for lançado.

Basicamente, estes são os requisitos. Com os mesmos atendidos, podemos começar!

Insira a mídia de instalação do SCVMM na unidade de DVD. A tela de boas-vindas será aberta. Nela, clique na opção Instalar. É interessante observar que o programa de instalação detectou o idioma de instalação do Windows e já exibe as opções em português.

image

Na tela seguinte, você deve selecionar os componentes do SCVMM que deseja instalar. Iremos marcar as três opções disponíveis. Ou seja, Servidor de gerenciamento do VMM, Console do VMM e Portal de Autoatendimento. Faça as seleções e clique em Avançar.

image

Agora, preencha as informações de registro do produto (nome e empresa). Você também pode inserir a chave de instalação do produto. Caso não tenha uma, não tem problema! Você pode fazer a instalação sem a chave normalmente. Os recursos serão habilitados da mesma maneira que seriam caso tivesse inserido uma chave válida. A única questão é que o produto será instalado no modo de avaliação e, assim, funcionará por 180 dias. É interessante observar também que esta versão do produto, ou seja, a Release Candidate poderá ser atualizada para a versão RTM quando esta estiver disponível.

Para o meu caso, instalarei o produto no modo de avaliação mesmo. Preencha as informações e clique em Avançar.

image

Os termos de licença são exibidos. Para continuar, clique na opção que concorda com os termos e clique em Avançar.

image

Nesta tela, se desejar ingressar no Programa de Aperfeiçoamento de Experiência do Usuário, clique na opção Sim. Para o nosso exemplo, marcamos a opção Não. Faça a sua opção e clique em Avançar.

image

Agora, defina o local de instalação do produto e clique em Avançar.

image

Neste momento o assistente fará uma checagem para validar se o seu sistema atende aos requisitos mínimos de instalação do produto. Caso o seu sistema não atenda aos requisitos citados anteriormente, o asistente lhe informará o que está faltando. Vale resslatar que error nesta etapa do assistente lhe impedirão de prosseguir. Um aviso não lhe impede. Este seria o caso de você tentar fazer a instalação usando uma quantidade de memória inferior a recomendada. Nesta situação, o assistente lhe avisará dos problemas de desempenho que serão enfrentados, mas você pode seguir sem problemas.

Na tela seguinte, você deve passara as informações necessárias para conexão com o banco de dados do SQL. Como no meu caso o SQL foi instalado no mesmo servidor, precisei apenas indicar a instância e o nome do banco para o assistente. Faça as suas configurações, e clique em Avançar.

image

Nesta tela você deve informar a conta de serviço que o SCVMM irá usar. Se você não estiver preparando um ambiente altamente disponível, é possível usar as configurações padrão. ou seja, usar a conta de sistema e armazenar as chaves de criptografia localmente. Feitas as seleções de acordo com o seu cenário, clique em Avançar.

image

Chegou o momento de definir as portas que serão usadas para os serviços oferecidos pela ferramenta. Para o nosso exemplo, as opções padrão serão mantidas. Faça as suas configurações, e clique em Avançar.

image

Como informei que gostaria de instalar o Portal de Autoatendimento, nesta tela teremos que indicar as configurações de conexão com o Servidor de Gerenciamento, a porta que será usada pelo site e, se for necessário, um cabeçalho de host para o site do portal. Para o meu ambiente, usei as configurações abaixo. Faça as suas seleções, e clique em Avançar.

image

Da mesma maneira que acontece com a versão atual do SCVMM, é necessário criar uma Biblioteca (Library) para o armazenamento de recursos (Imagens ISO, Modelos de VMs etc.) que serão usados por disversos hosts gerenciados pelo SCVMM. Você pode indicar que o compartilhamento seja criado no mesmo servidor (nosso caso), ou apontar outro servidor de arquivos (só precisamos de um compartilhamento). Faça a configuração de acordo com o seu ambiente e clique em Avançar.

image

Agora, um resumo das suas seleções será exibido. Confira estes dados. Caso não tenha nenhuma objeção a fazer, clique em Avançar e aguarde a instalação ser concluída.

image

As duas próximas telas indicam que a instalação foi executada com sucesso.

image image

Agora, basta abrir o console pela primeira vez. Será apresentada a caixa abaixo. Nela, você deve fornecer as infõrmações necessárias para a conexão com o Servidor de Gerenciamento (considerando-se uma situação onde o Servidor de Gerenciamento é diferente da estação onde o console foi instalado, por exemplo). Forneças as informações necessárias, e clique em Conectar.

image

Pronto! O console do SCVMM será aberto!

image

Conclusão

Nesta primeira parte do post, vimos como fazer a instalação do SCVMM. Na próxima, veremos como adicionar hosts, criar máquinas virtuais etc.

Se você gostou do produto e deseja experimentar, basta fazer o download, gratuitamente, no seguinte link: http://www.microsoft.com/en-us/server-cloud/system-center/trial.aspx

Outra fonte de informações sobre os produtos da família System Center é a Revista Canal System Center. Ela é grtuita e está totalmente em português! Se interessou, acesse e faça o download das edições disponíveis imediatamente no seguinte link http://www.canalsystemcenter.com.br/csc/index.php

Um abraço e até a próxima!

comentários
  1. Valeu Igor!
    Pra mim foi bastante esclarecedor este post.

    Um grande abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s